Alemmart's Blog

Just another WordPress.com site

PARÁBOLAS PARABÓLICAS: Jonas, o profeta “sem noção”.

de Danilo Fernandes

Danilo Fernandes

CAPITÃO DO NAVIO: – Acorda fio duma jumenta!

PROFETA JONAS:Mas o que é capitão, por que perturbas meu sono?

CAPITÃONão estais vendo que este navio está fazendo água? Estamos num tufão! Num tsunami! Valha-nos Netuno! Faça alguma coisa!

JONASMas eu não entendo nada de navios, tão pouco de tempestades!

– Você não é Jonas, o Profeta, filho de Amitai?

– Sim! Como sabes?

– Eu vi vocês no porto. Despediu-se de seu pai dizendo que Deus havia colocado em seu coração fazer uma cruzada de avivamento em Boca Raton na Flórida, Estados Unidos. Peça ao seu Deus que pare esta tempestade!

– Bem. Não sei se Deus me ouve, não era bem para Flórida que eu deveria ir…

– Marinheiro! Chama o macumbeiro que está lá na galé! Diga-lhe que jogue seus búzios, pois este telepastor aqui há de ser um profeta menor e só é capaz de acalmar tempestade em copo d’agua!

E foram marinheiro, macumbeiro e capitão jogar flores ao mar quando, dizem, iemanjá pediu a cabeça de Jonas. Como naquele tempo o pessoal não só tocava nos ungidos, mas também os davam de oferenda, seja para que demônio fosse, a sereia do capeta teve sua vontade atendida! Jogaram o profeta ao mar revolto e, junto com ele rolaram pela amurada do navio: 2 dúzias de rosas, 3 litros de perfume da Avon e mais 30 pulseiras de plástico, sem nem ao menos aquele barquinho de sushi que se usa para estes despachos.

Pois é, e como o músico Zé Rodrix profetizou, foi assim que Jonas virou música sem ser por vontade própria! E logo se viu comprometido, sem assinar papel, a fazer a vontade de Deus ou ter na baleia a sua casa, sua cidade, até o fim da vida!

ELE (O Grande Eu Sou): – Jonas, Jonas, onde estão agora os seus ternos de linho e suas botijas de óleo ungido?

JONAS (arroz de sushi de peixe vivo): – Deus?!

– Sim Jonas. Eu não te mandei ir para São Gonçalo? O que fostes fazer na Flórida?

– Mas Senhor aquele povo é ruim! Não querem saber de Evangelho! Não querem orar, só querem marchar! Vivem de querer ver sinais e maravilhas.

E de fato era assim o povo daquele tempo. Crianças na fé haviam esquecido a sã doutrina. Viviam agora um tal de reteté, ninguém usava mais sandálias, eram sapatinhos de fogo! Rodopios e línguas estranhas, óleos, espadas, arcas e baús… Não queriam saber dos antigos profetas e nem da Santa Palavra. Viviam de “revelamentos”. A bíblia seguia sempre fechada, como um desodorante, não saia de debaixo do braço…

E para não ser injusto, quando liam algo das Escrituras era de Malaquias, a quem andam dando uma moral maior que a do Cristo! E, fora isto, era marcha e mais marcha… E pensar que Cristo foi andando à Cruz, tomando pancada… E quem marchava? Quem marchava? Mas não eram os soldados romanos os marchadores na história? Vá entender esta mania de marchar…

Mas determinar o povo sabia! Determinavam vitórias e mais vitórias e ninguém pagava mais contas em bancos, mas levavam os boletos e carnês para Deus pagar nestes desafios e fogueiras da Universal.

DEUS (o todo poderoso): Jonas, Jonas eu te falei para pegar a barca para Niterói e você pegou este navio da CVC para Miami, ô raça ruim! Agora vou te dar este PC e vais virar blogueiro apologético até que a viagem termine.

JONAS (isca viva):Mas, Deus! Ao menos terei banda larga?

– Jonas, Jonas és muito turrão! Pensas ser dono da Minha agenda Jonas? Queres agora controlar Meus planos?

E foi assim que Jonas passou a dar congestão em peixe e a perturbar os blogueiros da blogosfera com seu legalismo cruel, de dono da verdade, xerife de Deus. Sisudo, reclamava do bom humor dos blogueiros. Queria todos em panos de saco. Sérios. Imbuído da missão de determinar a vontade de Deus, já dizia como os outros haveriam de orar, fazer apologética e tudo o mais. E foi quando já estava prestes a reservar o domínio de Deus no registro do PontoCom do Céu, eis que o próprio Deus atendeu a vontade da baleia nauseada e apressou a viagem:

– JONAS (encosto de peixe): Fecha a boca, está entrando água… socorro! Não tosse não, peixe excomungado!

– PEIXÃO (sem Sal de Frutas Eno, mas na misericórdia): Arght! Uuuuugo!

E lá foi Jonas gofado em São Gonçalo. Nenhuma areia fofinha, ou praia agradável. Terminou com a cara no asfalto de uma rodovia, transito de sexta-feira, todos indo para a região dos lagos. Logo encontrou um vendedor de água e biscoito, matou sua fome e sede e ouviu de Deus a ordem unida:

– Vai pregar pelo arrependimento do povo, ou destruo São Gonçalo em 40 dias e, se vacilar, Niterói vai junto!

E lá foi Jonas com raiva e mau humor, senhor da “vontade” de Deus pregar para o povo. E como é o Espírito que faz as coisas, a despeito dos maus bofes de Jonas, foi mesmo o povo se convertendo… A giração do pastor pilão parou. Os macumbeiros dos sapatinhos de fogo pararam de marchar e foram ler a Palavra e os profetas das “Casas Bahia” cessaram de vender Deus às prestações. E não foi preciso muito tempo para o próprio prefeito abandonar a macumba, vestir panos de saco e convocar o povo pela TV para jejum e oração. E foi assim que São Gonçalo deu com a cara no pó!

Missão cumprida, foi se Jonas para cima do morro mais alto e lá remendou um barraco. Zangado, sentou-se na laje quente para admirar o cumprimento da profecia que ele e Deus (?) determinaram para a cidade. E como ele (Jonas) era profeta de palavra, ungidão, e não era homem comum para mentir, não queria saber de conversa e que Deus agora honrasse o que disse, pois pouco importavam Seus planos perfeitos e Seus desígnios finais, mais valia a profetada de Jonas. Esta haveria de se cumprir! São Gonçalo ia para o saco! Fogo neles!

E ficou o profeta no calor da laje e Deus deu lhe uma bananeira para dar sombra e bananas. E passou noite e um novo dia, mas a cidade ainda de pé e Jonas a esperar a destruição. Abaixo, o povo arrependido seguia na sã doutrina, na Graça. Tudo na Santa Paz.

E ficou assim?

Não! Deus vai e faz murchar a bananeira (criando a banana-passa no processo) e Jonas se revolta de vez: Chuta a botija de azeite, solta impropérios a Deus, diz que vai virar macumbeiro, telefona para o Edir Macedo… Uma loucura!

DEUS (que não tem planos frustrados): – Jonas, por que este piti, este ataque de pelancas, esta raivinhatoda menino? Então estais com pena desta bananeira que criei para viver por um dia apenas, criada para lhe dar comida (*) e sombra, e não se apieda desta cidade de milhões de almas? Jonas, meu filho, o povo se arrependeu! Estava escrito assim! Por Mim! O prefeito fechou a sede da Igreja Mundial, derrubou a Internacional e lacrou a Universal. Até em Niterói já pensam em fechar a Adhonep! O povo parou com a idolatria! Vai para Boca Raton meu garoto! Missão cumprida!

Nota:

(*) Veja como é a Providência de Deus: Vive e morre a bananeira para que Jonas entenda o Amor e ainda seja dado a todo povo saber e entender que os Seus planos são sempre maiores e melhores do que os nossos. Aprendemos que nem sempre vemos ou percebemos os caminhos de Deus, mas devemos ter a certeza que no final da história virá a Perfeição. Vimos ser usado o “incomodo” que tanto desagradou a Jonas para o bem de milhões e, mesmo Jonas, foi edificado e abençoado, pois se cumpriu a vontade de Deus em sua vida e após 3 dias na baleia, Jonas nasceu nova criatura para viver, aprender e herdar de Deus o Reino. Finalmente, ainda teve Deus a bondade de mais uma vez usar a bananeira fiel e nos dar a banana-passa esta delicia saudável que tanto me agrada! Deus é maravilhoso!

Parábolas parabólicas só tem no Genizah

12 de maio de 2010 Posted by | HUMOR | Deixe um comentário

O Sanatório Geral entra na festa

 

Direto ao Ponto de Augusto Nunes – Revista Veja

 

 

selo_aniversario56Em homenagem ao 1° aniversário da coluna, os médicos e enfermeiros do Sanatório Geral decidiram republicar, em ordem cronológica, uma coletânea de palavrórios internados neste ano.

 

 

 

“A desgraça de lá está sendo uma boa pra gente aqui, fica conhecido. Acho que de tanto mexer com macumba, não sei o que é aquilo. O africano em si tem uma maldição. Todo o lugar que tem africano tá foda”.
Gerge Samuel Antoine, cônsul do Haiti em São Paulo, antes do começo da entrevista ao SBT, sem saber que o que dizia estava sendo gravado.

 

“Eu estava no Guarujá, caiu uma chuva na quinta-feira que eu pensei que ia encher o mar. Eu falei: tudo bem, quando o rio transborda, a água vai para o mar. Primeiro, passa na casa das pessoas que moram na periferia, depois ela vai para o mar. Eu falei: se o mar encher, vai para onde?”
Lula,
revelando, como atesta a profunda reflexão reproduzida pelo Blog do Noblat, o que se passa na cabeça de quem vai à praia com um isopor daquele tamanho.

 

“Tudo isso só aconteceu porque o Zelaya esteve na nossa embaixada”.
Celso Amorim, chanceler de bolso de Hugo Chávez, revelando que, se o Brasil não tivesse instalado Manuel Zelaya na Pensão do Lula, o governo hondurenho não precisaria tirar Manuel Zelaya da Pensão do Lula.

 

“O PAC 1 não tinha capacidade estrutural, essa coisa estruturante que tem o PAC 2 por não termos dinheiro”.
Dilma Rousseff,
numa reunião com prefeitos do Paraná, ao explicar a diferença entre o PAC 1 e o PAC 2 a 170 convidados que continuam reunidos até agora tentando descobrir o que é que ela quis dizer.

 

“Todos os partidos têm desvios éticos porque são formados por seres humanos”.
José Eduardo Dutra,
explicando que as bandalheiras do PT só deixarão de acontecer quando o partido, em vez de um ajuntamento de seres humanos, transformar-se, por exemplo, numa floresta.

 

“Sou vítima de uma campanha difamatória que atinge níveis jamais vistos na vida pública brasileira”.
José Roberto Arruda,
em carta divulgada quando estava a caminho da cadeia, suspeito de roubo de fraldas quando ainda estagiava no berçário, ladrão irrecuperável, disposto a atingir níveis de cinismo jamais vistos na vida pública brasileira.

 

“Uma pessoa chique ganhando cachaça é algo chique. Um metalúrgico ganhando cachaça é cachaceiro”.
Lula,
em Goiás, explicando que um cachaceiro é identificado pela primeira anotação na carteira de trabalho, não pela quantidade de garrafas que derruba.

 

“Há problemas de direitos humanos no mundo inteiro”.
Marco Aurélio Garcia, sobre a morte do preso político Orlando Zapata Tamayo, informando que quem vê o mundo com as lentes da canalhice não há diferenças entre Cuba e Dinamarca, Irã e Holanda, Venezuela e Suécia, Brasil e Suiça.

 

“Que horas vamos votar isso? Estou de saco cheio de ficar aqui”.
Ideli Salvatti,
musa da bancada companheira no Senado, ansiosa por aprovar a desconvocação de Dilma Rousseff pela Comissão de Constituição e Justiça, mostrando que também merece o título de Miss Elegância.

 

“Eu digo sempre o seguinte: eu acordo todo dia pedindo a Deus que cada dia mais apareça chinês comendo, indiano comendo, africano comendo, latino-americano comendo, porque quanto mais o povo comê, mais o Brasil vai ter que produzir, porque não tem nenhum país no mundo que tenha a quantidade de terras agricultáveis que tem o Brasil, nem tão pouca quantidade de sol e chuva na combinação perfeita para formar a fotossíntese que a agricultura mundial precisa”.
Lula,
em entrevista a TV Tem, de São Paulo, depois de um almoço da pesada.

 

“Não fico arrependido, mas, quando a gente põe a cabeça no lugar, percebe que não é uma coisa legal”.
Vágner Love,
atacante do Flamengo, explicando que só é escoltado por traficantes armados de fuzis na favela da Rocinha, na zona sul do Rio, quando está com a cabeça fora do lugar.

 

“Acredito que com os presos cubanos a situação seja diferente porque o acesso que eles têm à mídia é muito grande”.
Dilma Rousseff, ao comparar os presos políticos cubanos aos brasileiros punidos pela ditadura militar, explicando que quem está na cadeia e no noticiário dos jornais é muito mais feliz do que quem está só na cadeia.

 

“Mesmo quando é para um artefato nuclear, é também para fins pacíficos porque é para dissuasão”.
José Alencar, ao justificar o projeto atômico do companheiro iraniano Mahmoud Ahmadinejad, ensinando que a corrida nuclear ocorrida durante a Guerra Fria foi, no fundo, uma bonita demonstração de amor à paz protagonizada em parceria pelos Estados Unidos e pela União Soviética.

 

“Nós, brasileiros, acostumados com nosso calor suarento, sempre louvamos termos sido preservados por Deus dos violentos fenômenos da natureza: vulcões, furacões, terremotos ─ mas não nos livramos das secas nem das enchentes. E a miscigenação nos deu a mulata!”
José Sarney, ao discorrer na Folha desta sexta sobre as cinzas do vulcão Eyjafjallajokull, explicando que um par de mulatas vale meia dúzia de enchentes no Rio e uma centena de secas no Nordeste.

 

“É com satisfação que nos reunimos aqui na quadra da Mangueira”.
Luiz Sérgio, presidente do PT do Rio, ao saudar a comitiva de Dilma Rousseff na quadra da Portela.

2 de maio de 2010 Posted by | HUMOR | Deixe um comentário

REDE GLOBO DIVULGA NOTA OFICIAL.

de blog do beto

 

Considerando que o slogan do candidato da oposição é O Brasil Pode Mais e que o nome dele é José Serra, a Rede Globo de Televisão, para demonstrar sua total isenção nas eleições de outubro de 2010, comunica que irá alterar o nome do Programa Mais Você, apresentado por Ana Maria Braga, para:

Manhãs Edificantes Dedicadas às Camaradas do Gênero Feminino, numa Perspectiva Democrática, Popular, Solidária, Plural, Participativa, Libertária e de Combate a Toda Forma de Preconceito e Misoginia.

Outras determinações:

1. o Louro José passa a se chamar Louro João;

2. quadros no Fantástico, entrevistas e comerciais com o dr. Drauzio Varella ficam suspensos até depois das eleições, porque ele é a cara do candidato da oposição;

3. o ator Marcos Caruso, outro careca parecido com o candidato da oposição, fica recebendo salário integral, mas não deve ser escalado para nenhuma novela (e ainda bem que o Raul Cortez já morreu, descanse em paz, coitado…);

4. nos programas musicais, especialmente no Faustão, aos domingos, o forró pé-de-serra passa a ser chamado de forró pé-de-dilma; 5. na novela das 8, o garoto pianista está proibido de executar peças clássicas nomeadas por opus 45, como o Prelúdio Opus 45 em dó sustenido menor, de Chopin;

6. ficam banidas da programação da emissora as músicas Saúde, de Rita Lee (quero mais saúde…), Quero Mais, de Raul Seixas, e Serra do Luar, de Walter Franco;

7. as reportagens sobre a reserva indígena Raposa-Serra do Sol devem evitar a citação do nome. Sugerem-se duas alternativas:

a) aquela grande reserva indígena de Roraima que deu aquele perrengue danado com os arrozeiros;

ou

b) a reserva Raposa-do-Sol;

8. nas reprises da Escolinha do professor Raimundo, as aulas em que os alunos contam até 10 (12345678910) devem ser regravadas para 1234135678910;

9. nas reportagens com o presidente Lula, o câmera jamais poderá focar as duas mãos dele ao mesmo tempo. Ou mostra a mão com 4 dedos ou a mão com 5 dedos, separadamente. As duas juntas formam o número 45, da oposição;

10. a expressão "pode mais" fica terminantemente proibida nesta emissora;

11. a Serra da Mantiqueira passa a ser chamada Monte da Mantiqueira;

12. considerando que o presidente Lula mandou trocar em sua certidão o ano de seu nascimento, de 1945 para 1913, recomendamos por prudência que todos os nossos funcionários nascidos no mesmo ano façam a mesma coisa;

13. a Rede Globo, fundada em 1965, pelo saudoso companheiro Roberto Marinho, também já fez a alteração para 1964. Logo, a emissora está comemorando em 2010 não seus 45 anos, mas 46 anos.

Sendo o que tínhamos, reiteramos nosso inarredável compromisso com a democracia e com a liberdade de expressão.

PS: por cautela e para evitar novos mal-entendidos, um dos filhos do saudoso companheiro Roberto Marinho, conhecido até hoje como José Roberto Marinho, passa a se chamar Luís Roberto Marinho (porque João já é o outro filho e José é o candidato da oposição).

www.por-outrolado.blogspot.com

23 de abril de 2010 Posted by | HUMOR | Deixe um comentário

PEROLAÇAS DO ENEM 2009 …EM NOME DO NOSSO QUERIDO PORTUGUÊS….ONDE VAMOS PARAR?

Recebi por Email e repasso 

O tema da redação do Enem 2009 foi Aquecimento Global, e como acontece todo ano, não faltaram preciosidades. Lá vão:

 

Global Warming1) "o problema da amazônia tem uma percussão mundial. Várias Ongs já se estalaram na floresta." (percussão e estalos. Vai ficar animado o negócio)

2) "A amazônia é explorada de forma piedosa." (boa)

3) "Vamos nos unir juntos de mãos dadas para salvar planeta." (Prolixo, reduntante, tamo junto nessa, companheiro. Mais juntos, impossível)

4) "A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e créu." (e na velocidade 5!)

5) "Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta." (pra deixar bem claro o tamanho da destruição)

6) "O grande excesso de desmatamento exagerado é a causa da devastação." (pleonasmo é a lei)

7) "Espero que o desmatamento seja instinto." (selvagem: o filme!)

8) "A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo." (Parque dos dinossauros: o verdadeiro milagre da vida)

9) "A emoção de poluentes atmosféricos aquece a floresta." (também fiquei emocionado com essa)

10) "Tem empresas que contribui para a realização de árvores renováveis." (todo mundo na vida tem que ler um livro, e realizar uma árvore renovável)

11) "Animais ficam sem comida e sem dormida por causa das queimadas." (esqueceu que também ficam sem o home theater e os dvd’s da coleção do Chaves)

12) "Precisamos de oxigênio para nossa vida eterna." (Amém! O Evangelho é este oxigênio.)

13) "Os desmatadores cortam árvores naturais da natureza." (e as artificiais de plástico?)

14) "A principal vítima do desmatamento é a vida ecológica." (deve ser culpa da morte ecológica)

15) "A amazônia tem valor ambiental ilastimável." (ignorem, por favor!)

16) "Explorar sem atingir árvores sedentárias." (peguem só as que estiverem fazendo caminhadas e flexões, as saradas.)

17) "Os estrangeiros já demonstraram diversas fezes enteresse pela amazônia." (o quê?)

18) "Paremos e reflitemos." (beleza)

19) "A floresta amazônica não pode ser destruída por pessoas não autorizadas." (onde está o mãos de tesoura?)

20) "Retirada claudestina de árvores." (Cláudia, a nordestina!)

21) "Temos que criar leis legais contra isso." (bacana, assim legalizamos o ítem 19)

22) "A camada de ozonel." (Chris O’Zonnell?)

23) "a amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso de humor." (a solução é colocar lá o Mr. Bean pra cortar árvores)

24) "A cada hora, muitas árvores são derrubadas por mãos poluídas, sem coração." (para fabricar o papel que ele fica escrevendo asneiras)

25) "A amazônia está sofrendo um grande, enorme e profundíssimo desmatamento devastador, intenso e imperdoável." (campeão da categoria "maior enchedor de lingüiça")

26) "Vamos gritar não à devastação e sim à reflorestação." (NÃO!)

27) "Uma vez que se paga uma punição xis, se ganha depois vários xises." (coxise, gênio da matemática)

28) "A natureza está cobrando uma atitude mais energética dos governantes." (red bull neles – dizem as árvores)

29) "O povo amazônico está sendo usado como bote expiatório" (está à deriva!)

30) "O aumento da temperatura na terra está cada vez mais aumentando." (menino homem, subir pra cima, sair pra fora!)

31) "Na floresta amazônica tem muitos animais: passarinhos, leões, ursos, etc." (esse estaa pensando na arca de Noé)

32) "Convivemos com a merchendagem e a politicagem." (que bobagem…)

33) "Na cama dos deputados foram votadas muitas leis." (imaginem as que foram votadas no banheiro deles)

34) "Os dismatamentos é a fonte de inlegalidade e distruição da froresta amazonia." (que disparate….)

35) "O que vamos deixar para nossos antecedentes?" (Meu avô terá dicionários?)

13 de abril de 2010 Posted by | HUMOR | Deixe um comentário

CARTA AO PRESIDENTE….

 

CARTA DE SOLIDARIEDADE AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

PREZADO SENHOR PRESIDENTE: Hoje eu li uma declaração do senhor – eu leio tudo que o senhor fala – porque o senhor É O MEU GURU.  

Afinal o senhor e eu falamos muito parecido. Nós dois estudamos português com o grande filólogo IBRAHIM SUED – eu gostava do Turco, era gente boa, parecido com nós, ele também não era muito chegado a usar o tal do ESSE no final das frases; afinal eu acho uma grande estupidez esse (agora é pronome) negócio do OBJETO concordar com o SUJEITO.

São duas coisas completamente diferentes. OBJETO é coisa, tipo MALA, CUECA, DÓLAR, DINHEIRO, MESADA, sei lá.

Tem muita coisa que é objeto. Já SUJEITO é gente, como o seu filho, gente mais do que legal o seu filhinho, bom de negócio, tem futuro o menino, valeu mesmo apostarem nele.

Gente é o JOSÉ GENOÍNO, fantástico orador, como é bem articulado o seu companheiro, mal comparando, até faz lembrar o falecido Carlos Lacerda. 

Cara mais do que maneiro o Genoíno, um pouco ingênuo, fica assinando uns papéis sem ler antes, mas isso acontece com muita gente. 

O Senhor não precisa se preocupar: gente é o carequinha MARCOS VALÉRIO, tremendo criador de bois, vacas, cavalos e outro bichos. 

Por falar em BICHO, e o WALDOMIRO? Por onde anda?  

Ele era assessor do seu amigo JOSÉ DIRCEU, esse também é gente, logo SUJEITO, sujeito de duas caras, é verdade, mas o Senhor sabe como é fazer plástica, parece que muda o SUJEITO. Eu nunca fiz porque sou duro, mas acho que estou precisando dar uma recauchutada. Mas se um dia fizer, quero fazer com o mesmo médico que operou o Zé Dirceu, médico bom tá aí, mudou a cara e o caráter do sujeito de uma vez só. Gostei muito! 

E tem muito mais gente, como o LUIZ GUSHIKEN, empresário desastrado, foi só deixar a empresa com os cunhado, assumir o ministério e as empresas começaram a dar um lucro do tamanho de um bonde, mas o Senhor também não precisa se preocupar porque como dizia o rei das favelas, o falecido engenheiro – sem diploma – Leonel Brizola, cunhado não é parente. 

E tem mais gente, como o tesoureiro DELÚBIO SOARES, dizem que na outra encarnação ele trabalhou com um tal de Ali Babá.  O ALI parece que dispensou os outros quarenta! 

Pois é, voltando ao que o Senhor falou que o Brasil não merece o que estão fazendo com ele, eu confesso que apesar de ser um profundo admirador do seu raciocínio sempre claro, dessa vez não entendi nada.  

Quem está fazendo uma sujeira que não tem nome – nome tem, só que não dá para escrever em um jornal de respeito, é exatamente o seu partido e toda essa gente que eu fui citando nessas mal traçadas linhas.  

E quando eu tentava com a minha pouca inteligência entender o que o Senhor queria dizer, vi que ao lado havia uma declaração de um senador do PSDB, um certo ARTHUR VIRGÍLIO, dizendo que o Senhor era, na melhor das hipóteses, IDIOTA, e, na pior, CORRUPTO

Senhor Presidente, confesso que fiquei muito chateado com esse senhor. Isso é falta de respeito uma pessoa como o Senhor, um cidadão digno, que lutou toda a vida contra preconceitos, uma pessoa correta, um homem preocupado com o povo brasileiro, em acabar com a fome, com a miséria, com o desemprego dos petistas, com as desigualdades, preocupado, no seu portentoso avião, em mostrar o mundo inteiro para o Senhor e sua Senhora. 

Dizem que ela mandou fazer cem vestido para todos os presidente dos países que o Senhor está sempre visitando verem que a esposa do nosso amado Presidente sabe se vestir. 

Um homem que para facilitar a vida política do Brasil criou trinta e cinco secretarias e ministérios, cobrindo, com tão desprendido gesto, todos os setores nacionais, um homem que vive preocupado com o boné de plantão, que tem de aturar dos arruaceiros do MST, pensar no vinho francês que vai beber no jantar – êta saudade boa dos tempos da caninha da roça. 

Um homem que nunca se afastou das suas raízes populares, tanto que adora uma QUADRILHA, um homem que nunca perdeu a cabeça, perdeu parte do dedinho e conseguiu uma aposentadoria por incapacidade para trabalhar, o que sempre me pareceu muito justo, porque uma falange é fundamental para o exercício de qualquer profissão, até de Presidente da República. 

Tem uns loucos, como o tal do Aleijadinho que amarrava um martelo e um cinzel em suas mãos destruídas e criava obras eternas, mas só louco é que faz uma coisa dessas, e o Senhor, de louco não tem nada, nem de idiota, como falou o senador despeitado. Ele tem é inveja do Senhor, um homem brilhante, gente de fé, sujeito, nunca objeto, que com sua inteligência conseguiu que cinqüenta e três milhões de idiotas votassem no Senhor.  

Transcrição de um texto (via INTERNET) de PAULO DE FARIA PINHO – Advogado, com pós-graduação na Fundação Getúlio Vargas, poeta e escritor.  Autor de ALCOOLICAMENTE, Editora Relume Dumará.

Recebida por e-mail

PUBLICADO POR RESISTÊNCIA E LIBERDADE

8 de abril de 2010 Posted by | HUMOR | Deixe um comentário

A Tartaruga no Poste.

Enquanto suturava um ferimento na mão de um velho gari (cortada por um caco de vidro indevidamente jogado no lixo), o médico e o paciente começaram a conversar sobre o país, o governo e, fatalmente, sobre Lula, sobre a Dilma.

O velhinho disse:

– Bom, o senhor sabe, a Dilma é como uma tartaruga em cima do poste…

Sem saber o que o gari quis dizer, o médico perguntou o que diabo significava uma tartaruga num poste?

E o gari respondeu:

– É quando o senhor vai indo por uma estradinha e vê um poste. Lá em cima tem uma tartaruga tentando se equilibrar. Isso é uma tartaruga em um poste.

Diante da cara de bobo do médico, o velho acrescentou:

– Você não entende como ela chegou lá;

– Você não acredita que ela esteja lá;

– Você sabe que ela não subiu lá sozinha;

– Você sabe que ela não deveria nem poderia estar lá;

– Você sabe que ela não vai fazer absolutamente nada enquanto estiver lá;

– Você não entende porque a colocaram lá;

– Então, tudo o que temos a fazer é ajudá-la a descer de lá, e providenciar para que nunca mais suba, pois lá em cima definitivamente não é o seu lugar!

Delço.
Por e-mail.

28 de março de 2010 Posted by | HUMOR | Deixe um comentário

10 tipos de eleitores que colocam jabutis em arvores.

Por Adriano Bachega

Em ano de eleição, nada mais oportunista do que escrever um Post sobre eleições 2010, se for para criticar os políticos então… Melhor impossível!

Mas criticar políticos a esta altura do campeonato é realmente bastante bobinho e muito simplista.

Alguma vez você viu um Jabuti (espécie de tartaruga que anda na terra) em cima de uma arvore? Não? Pense bem…

Pois é, Jabutis não sobem em arvores, logo, se lá estão, é por que alguém os colocou.

Em nossa sociedade podemos fazer uma comparação dos Jabutis em cima de arvores com os políticos que ocupam cargos (sem querer ofender os jabutis), se eles estão lá, definitivamente alguém os colocou, não foram para lá sozinhos.

Como eu gostaria de não usar desta pergunta oportunista… Quem os colocou onde estão? Nós! Ou então estes 9 tipos abaixo, que recebi por e-mail e achei interessante, os vários tipos de pessoas que votam, veja a lista.

1. Um sujeito comprou uma geladeira nova e para se livrar da velha, colocou-a em frente à casa com o aviso: ‘De graça.. Se quiser, pode levar’.
A geladeira ficou três dias, sem receber um olhar dos passantes. Ele chegou à conclusão que as pessoas não acreditavam na oferta. Parecia bom demais pra ser verdade, e ele mudou o aviso: ‘Geladeira à venda por R$ 50,00′.
No dia seguinte, ela tinha sido roubada! Quem roubou a geladeira vota!

2. Olhando uma casa para alugar, o interessado perguntou à corretora de imóveis de que lado era o Norte, porque não queria que o sol o acordasse todas as manhãs.
A corretora perguntou: ‘O sol nasce no norte?’ Quando o interessado explicou que o sol nasce no Leste (aliás, há um bom tempo isso acontece) ela disse:
‘Eu não me mantenho atualizada a respeito desse tipo de coisa ‘. Ela também vota!

3. Um atendente trabalhava em um suporte técnico num centro de atendimento a clientes. Um dia, recebeu um telefonema de um sujeito que perguntou em que horário o centro de atendimento estava aberto. O atendente responde: ‘O número que o senhor discou está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.’ Ele perguntou:
‘Pelo horário de Brasília ou pelo horário de Manaus?
‘ Pra acabar logo com o assunto, o atendente respondeu: ‘Horário de Manaus.’Essa pessoa que ligou vota!

4. Meu colega e eu estávamos almoçando no restaurante self-service da empresa, quando ouvimos uma das assistentes administrativas falando a respeito das queimaduras de sol que ela havia tido, ao ir de carro ao litoral.
Estava num conversível, por isso, ‘não pensou que ficaria queimada, pois o carro estava em movimento.’ Ela também vota!

5. Minha cunhada tem uma ferramenta salva-vidas no carro, projetada para cortar o cinto de segurança, se ela ficar presa nele.
Ela guarda a ferramenta no porta-malas! Minha cunhada também vota!

6. Meus amigos e eu fomos comprar cerveja para uma festa e notamos que os engradados tinham desconto de 10%. Como era uma festa grande, compramos 2 engradados.. O caixa multiplicou 10% por 2 e nos deu um desconto de 20%. Ele também vota!

7. Saí com uma amiga e vimos uma mulher com um aro no nariz, atrelado a um brinco, por meio de uma corrente. Minha amiga disse:
‘Será que a corrente não dá um puxão a cada vez que ela vira a cabeça?’
Expliquei que o nariz e a orelha de uma pessoa permanecem à mesma distância, independente da pessoa virar a cabeça ou não. Minha amiga também vota!

8. Eu não conseguia achar minhas malas na área de bagagens do aeroporto.
Fui, então, até o setor de bagagem extraviada e disse à mulher que minhas malas não tinham aparecido. Ela sorriu e me disse para não me preocupar, porque ela era uma profissional treinada e eu estava em boas mãos. ‘Apenas me informe… o seu avião já chegou?’ Ela também vota!

9. Esperando ser atendido numa pizzaria observei um homem pedindo uma pizza para viagem.
Ele estava sozinho e o pizzaiolo perguntou se ele preferia que a pizza fosse cortada em 4 pedaços ou em 6..
Ele pensou algum tempo, antes de responder: ‘Corte em 4 pedaços; acho que não estou com fome suficiente para comer 6 pedaços.’ Isso mesmo, ele também vota!

10. Há alguns anos, em Curitiba, fui comprar uma pizza na Praça Tiradentes.
O vendedor disse que a pizza, que estava dividida em 6 partes, custava 12 reais.
Como havia um cartaz anunciando o pedaço de pizza por R$1.50. Pedi 6 pedaços.
O atendente embrulhou os 6 pedaços cuidadosamente..
Paguei 9 reais e fui para casa. Ele também vota.

Agora, sabemos QUEM elege os jabotis, digo quem coloca os políticos em cima de arvores.

Em tempo… Eu recebi esse spam no meu e-mail e o converti em um Post e… Também Voto.

24 de março de 2010 Posted by | HUMOR | Deixe um comentário

Como Luciana Gimenez entrevistaria Lula

 

[lulagimenez.jpg]LG – Presidente, como você perdeu o dedo?

Lula – Foi numa prensa mecânica.

LG – O que é isso, prensa mecânica?

Lula – É uma máquina assim que serve pra prensá e que funciona de maneira mecânica.

LG – Ah, tá. Agora entendi. E doeu? Foi sem anestesia ?

Lula – Menina, eu tava com tanta cachaça na cabeça nesse dia que eu nem senti nada. Só quando eu olhei pra minha mão esquerda e vi que só tinha  nove dedo que eu pensei: vixe, cadê o outro?

LG – E você ficou muito abalado?

Lula – Eu tive que repensar minha vida. Não dava mais pra conciliar o trabalho com o goró. Aí eu larguei o trabalho.

LG – Foi aí que você decidiu virar sindicalista?

Lula – Foi. Eu tava um dia jogando sinuca e o Biriba, um cumpanhêro nosso, falou que polícia tava metendo tudo que é sindicalista em cana. Como cana é comigo mesmo eu fui lá.

LG – E como é assim sair do nada e de repente virar ídolo nacional?

Lula – Olha, Luciana, eu acho que nós dois temo experiência parecidas. Eu comecei montando num *jegue*, e você começou montando num *Jagger*.

LG – E como é ser presidente? É legal?

Lula – Deixa eu dizer uma coisa pra você. Tem hora que eu fico sozinho lá no meu gabinete, olho praquelas parede, olho o jardim lá fora e penso: Rapaz, esqueci de comprar os produto de limpeza que a Marisa me pediu.

LG – Pra terminar eu queria que você dissesse uma palavra de esperança pra quem tá assistindo a gente.

Lula – Vou dizer mais de uma. Eu estou convencido de que esse país tem jeito. A gente pode tá jogando futebol e de repente toma um gol, toma dois, toma cinco, tem dois jogador expulso, o goleiro é míope, o centroavante é perneta, o juiz é ladrão, o gandula demora pra trazer a bola, e a gente toma mais dois gol e tá tudo uma droga.., mais mermo assim a esperança de que tudo vai dar certo continua lá.

LG – Nossa, que profundo.

Lula – Eu acredito, Luciana. Eu estou extraordináriamente convencido de que aconteça o que acontecer, o amanhã sempre vai chegar…

LG – Bom, muitíssima obrigada por ter vindo aqui. É o máximo falar com o homem que governa o país.

Lula – Não tem de quê. Eu é que gostei muito de fazer um pograma com você.

LG – Opa, peraí. Eu não sou mais garota de programa.

Lula – Então tamo empatado. Eu também num governo nada mermo…

Anderson Gonzaga

13 de março de 2010 Posted by | HUMOR | Deixe um comentário

Inversão de valores:

Essa veio de LilicaSilva por Email

Vida de pai está cada vez mais difícil. Uma simples conversa com o filho pequeno pode gerar perplexidade. O diálogo de João Pedro com seu filho Wilkson, de 10 anos, pode servir como prova desse fosso entre as gerações.
         

– Que você vai ser quando crescer, filho?

          – Presidente da República, pai.

– Puxa, filho, que legal. Mas por quê?

         – Pra não precisar estudar.

– Não, filho, não é bem assim. Precisa estudar muito.

          – Então quero ser vice-presidente.

– Vice, filho? Por quê?

          – Pra não precisar estudar. O José de Alencar também só foi até a quinta série primária. Já posso parar.

  – Não é assim, filho. Ele trabalhou muito e aprendeu.

          – Pai, todo mundo que se dá bem não estudou: o presidente, o vice, a Xuxa, o Kaká, o Zeca Pagodinho…

– É que eles têm um talento…

          – Ah, entendi, estudar é para quem não tem talento?

– Não, filho, pelo amor de Deus. Artista é diferente.

         – O presidente e o vice não são artistas.

– Não, quer dizer, o presidente, de certo modo, até é.

          – Se eu estudar, vou ganhar mais do que o Kaká?

– Menos.

          – Ah, é? Então quero ir já para a escolinha.

– Você já está numa boa escola, filho.

          – Quero ir pra escolinha de futebol.

– Não, filho, você precisa estudar muito. A escola abre caminhos para as pessoas. Pode-se viver dignamente.

          – Acho que vou querer ser corrupto.

– Meu Deus, filho, não diga isso nem de brincadeira.

          – Na TV disseram que ninguém se dá mal por causa da corrupção e que tudo sempre termina em pizza. Adoro pizza. Quando for corrupto, pedirei só de quatro queijos.

– Ser corrupto é muito feio, meu filho.

          – Ué, pai, se é feio assim, por que Brasília está cheia deles e quase todos conseguem ser reeleitos?

– É complicado de explicar, Wilk. Mas isso vai mudar.

          – Quero ser corrupto e praticar nepotismo.

– Cale a boca, filho, de onde tira essas barbaridades?

         – É só olhar televisão, pai. O Sarney pratica nepotismo e é presidente do Senado. Ninguém pode mexer com ele.

– Mas você sabe o que é nepotismo, filho?

         – Sei. É empregar os parentes da gente.

– E você quer fazer isso?

          – Claro. Assim ia acabar com os vagabundos da família.

– Filho, você precisa ter bons valores. Pense numa profissão, numa coisa honesta e que seja respeitada. Não quer ser médico, dentista ou, sei lá, engenheiro?

          – Não. De jeito nenhum. To fora, pai!

– Mas por que, filho?

         – Eles nunca vão ao Faustão.

– Isso não tem importância, filho. Que tal bombeiro?

          – Vou querer ser astronauta ou jornalista.

– Hummm… Jornalista? Por que mesmo, filho?

         – Não precisa mais ter diploma pra ser jornalista.

11 de março de 2010 Posted by | HUMOR | Deixe um comentário

Usuário reclama do traficante para polícia

 

A polícia da Suécia reporta um caso bastante incomum – um usuário de drogas que foi até a delegacia para reclamar da qualidade do produto que um traficante vendeu para ele.

O rapaz de 26 anos, morador da cidade de Eslov, disse que usa maconha e seus derivados com regularidade, mas sua última compra o deixou em maus lençóis.

Segundo boletim de ocorrência, o sujeito teve a impressão de que a TV falava diretamente com ele e que sua namorada começou a se transformar em um golfinho.

O reclamante levou uma pequena quantidade da droga para a delegacia, para o caso dos policiais quererem conversar com a TV e terem suas esposas transformadas em golfinhos, mas, ainda assim, pode se livrar da cadeia. Ele foi acusado por posse de droga, mas, na Suécia, isso é uma contravenção leve punível com multa leve.

R7 

1 de março de 2010 Posted by | HUMOR | Deixe um comentário